27/11/2011

MEIA MARATONA DE BLUMENAU - SC
 
Neste último domingo de novembro, houve a MEIA MARATONA DE BLUMENAU.
Prova que seria realizada em setembro e que devido as fortes chuvas no feriado daquele mes a prova foi adiada para este domingo.
Em setembro estavam inscritos alguns JACARÉS que por vários motivos acabaram não indo participar da prova na nova data.
Fui para Blumenau, na companhia da Luisa, a qual não está liberada para correr e tornou-se a nossa fotógrafa neste evento, mais a Elisangela, a Luciana e a Mirian, uma amiga da Luciana que iria fazer sua primeira corrida rustica já encarando 7.300 metros.
Fomos no sábado a tarde e levamos 4 horas para chegar a Blumenau devido a um acidente na curva da santa na serra.
Nos hospedamos em um hotel ao lado do ponto de retirada dos kits e próximo da largada que era no Parque Vila Germanica.
A Luciana que estava inscrita em setembro e como não havia me  respondido a nenhum dos e-mails e nem havia me procurado se iria participar da prova teve sua inscrição cancelada pela minha pessoa, pois a mesma não havia ainda efetuado o pagamento.
Só foi me procurar na sexta feira, dia anterior a minha ida para Blumenau.
A Elisangela iria participar na prova no lugar da Luisa, sendo que até conseguiu alterar a inscrição, trocando os nomes.
Com várias desistencias, entreguei o chip e o numero da Eliana para a Luciana e o da Yonara para a Miriam.
A Elisangela e a Miriam iriam fazer os 7.300 m., eu e a Luciana iriamos encarar a MEIA.
No sabado a tarde o sol era forte, tornando a tarde linda, mas chegando ao vale do Itajai, encontramos forte chuva e tempo bem fechado, mesmo chegando a cidade.
Após retirarmos os kits, decidimos, apesar de estar em cima da hora de irmos participar do jantar de massas que havia a disposição dos inscritos e assim também sabermos corretamente onde seria a largada.  Chegando ao local, ainda havia varias pessoas no pavilhão, onde encontramos o Elicelso e o Caio com suas companheiras.  
A largada, até então, determinada para as 07.00 horas, fez com que levantassemos bem cedo, onde o Hotel adiantou o horario do café, pois haviam varios corredores hospedados no mesmo, sendo a grande maioria de São Paulo.
Junto conosco no carro, foi um senhor de São Paulo, com mais de sessenta anos que também iria fazer a Meia.
A Mirian, a qual carinhosamente já apelidei de GRALHA, pois a mulher fala até dormindo........rssssss...........estava bem ansiosa e nervosa em não poder concluir a prova, o que fomos dando o maior apoio e incentivo, para que não desanimasse e falando para ela, que ela poderia chegar na frente da ambulância, mas não dentro dela.
Chegando ao local da prova, houve  a informação do adiamento da largada em 30 minutos, mais um fato de total desorganização e desrespeito aos  corredores, fato de deixou varios atletas descontentes. Mas isso fica para lá.
A MEIA teve largada 15 minutos antes dos 7.300 m.  Um percurso muito bem elaborado, onde nos ultimos 200 m., é que o atleta passava por um mesmo trecho já percorrido.
Pequenas subidas no trajeto, sinalização em todo o percurso, vários postos de agua, nenhum ponto de distribuição de isotonico, o transito era algo que parecia nem existir, pois tanto eu como a Luciana não ouvimos uma buzina sequer, pois havia trechos em que os carros paravam no meio da rua para que voce pudesse passar. A subida mais desgastante foi passar pela placa dos 17 km e havia um retorno em cotovelo, o qual quando voce fazia é que voce enxergava o que tinha pela frente. Era um trecho bem curto de forte elevação mas naquela altura da corrida foi um tortura.
Fechei a prova com duas horas e dois minutos e a Luciana com 01.50.
A Elisangela e principalmente a Miriam que estreou em corridas, estavam todas alegres e felizes por terem concluido o trajeto e também adoraram o circuito. A Miriam como era de se esperar por toda a sua alegria e humor, já queria saber quando seria a proxima aventura.
Aguardamos um pouco para ver a premiação, mas como estava sendo muito demorado, resolvemos retornar ao hotel, arrumar nossa bagagem, almoçar e irmos embora.   Como aconteceu em Joinville, Blumenau também não tem opções de almoço a não ser em Shopping, e como estavamos hospedados praticamente na frente de um, almoçamos por ali mesmo, ai fomos dar uma volta pelo centro historico e retornamos para casa em uma viagem rápida e tranquila graças a DEUS.
MUITO OBRIGADO A LUISA PELO SEU EMPENHO, APOIO E PRESENÇA E PARABÉNS A ESSAS TRES CORREDORAS  DETERMINADAS, ALEGRES, CHEIAS DE ANIMO E INSPIRAÇÃO.
MAIS UMA ETAPA VENCIDA, MAIS UMA PROVA CONCLUIDA  E A CERTEZA DE QUE CADA UMA FOI VENCEDORA.

Claudio Guras

Um comentário:

  1. Obrigado ! pelo krinho de tds.Ass: a gralha kkkkk.

    ResponderExcluir